Barreiras de aço

Do Estadão de hoje, coluna Direto da Fonte:

Depois de ter sido quase expulso do Maranhão, um projeto no valor de US$ 5 bilhões, parceria entre a chinesa Baosteel e a Vale, levou tranco de outro Estado. Desta vez, foi a Secretaria de Meio Ambiente do Espírito Santo que vetou a instalação do complexo de usina e porto em Anchieta, na semana passada. Motivo: ele não atenderia à legislação ambiental.

Com o mundo inteiro brigando por novos investimentos, a pergunta que não quer calar: por que será que Paulo Hartung – que criou um distrito industrial e desapropriou terreno para tanto – não pesquisou antes dentro do próprio Estado?

Dizem as línguas que os chineses, donos de 90% do projeto, já estão arrumando as malas rumo a outro país…

Uma opinião sobre “Barreiras de aço”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s