Revista da comunidade

A história escabrosa da menina de três anos abandonada numa estação ferroviária na Austrália despertou minha curiosidade também por outra razão. O pai da criança era editor de uma revista dirigida à comunidade chinesa da Nova Zelândia. E aqui no Brasil? A impressão que se tem é de escassez de publicações desse tipo. Por coincidência, recentemente, descobri a revista Ponte, em português, que se propõe a ajudar a integrar a comunidade de origem chinesa de Campinas à realidade do ocidente. Vale conferir.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s