Reformas cuidadosas na China

Entrevista para o Valor Econômico do economista-chefe do HSBC na China, Qu Hongbin.

Reformas cuidadosas na China

“Baseado em Hong Kong, o economista duvida que o aumento do direito de voto da China no FMI resulte em mudança na política cambial. Hongbin admite que há distorções nas estatísticas econômicas chinesas e excesso de investimentos em alguns setores. Ex-funcionário público na China (filiado obrigatoriamente ao Partido Comunista), o economista do HSBC crê que a transição política será lenta, mas que já há sinais de mudança na cultura do partido. A seguir, os principais trechos da entrevista de Hongbin ao Valor, em passagem rápida por São Paulo.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s