Lobby chinês em Washington

Para quem preza tanto relacionamento a ponto do guanxi ser apontado sempre como fator essencial em negociações, até que as empresas chinesas demoraram a adotar mais intensamente o uso de lobistas nos EUA.

A primeira a usar um lobista in-house é a Lenovo, que contratou Jeffrey Carlisle para ser seu Vice-Presidente de Relações com o Governo dos EUA em Washington.

Outras companhias chinesas também utilizam lobistas profissionais, porém, com menos intensidade. Analistas inclusive apontam isso como uma das razões para o fracasso da aquisição da americana de petróleo Unocal pela China National Offshore Oil Corporation (CNOOC). A empresa chinesa usou um batalhão de lobistas, porém, somente depois do negócio já ter sido anunciado. Depois de forte oposição pública, a americana Chevron Texaco acabou fechando a compra por um valor menor.

A própria Lenovo também enfrentou protestos de legisladores americanos quando venceu concorrência para contrato de venda de computadores para o Departamento de Estado.

É importante salientar que nos EUA a atividade de lobista é legal e regulamentada.

China Lobby Curries Favor With U.S. Government (Caijing Magazine, em Inglês).

3 opiniões sobre “Lobby chinês em Washington”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s