19/07/2006 10:54 – publicado por IN Hsieh (inhsieh@gmail.com)

Ronaldinho Gaúcho, garoto propaganda de olhos puxados

Não sei há quanto tempo ele já faz propaganda para a chinesa… navegando pelo site da Lenovo encontrei uma foto do Ronaldinho Gaúcho promovendo uma campanha da empresa. Lembro de ter lido que o camisa 10 da seleção é (pelo menos até o início da Copa) um deus também na China.

Sei que outros jogadores brasileiros também fazem propaganda na China. Seria interessante fazer uma coletânea de campanhas. Se conhecer, mande-me (inhsieh @gmail.com) o link ou um scan, junto com as devidas fontes.

Abaixo links e screenshoots dos websites das campanhas:
www.lenovo.com.cn
www.lenovo2008.com
www.lenovomarcom.com

19/07/2006 10:53 – publicado por IN Hsieh (inhsieh@gmail.com)

Evento Investindo na China

Investindo na China – Os mecanismos à disposição das empresas brasileiras

São Paulo, 18 de julho de 2006 – Horário: 8h30 -16h30
Local: BM&F – Praça Antonio Prado, 48 – Centro – São Paulo.

Inscrição

Não será cobrada taxa de inscrição, mas é necessário solicitar reserva antecipadamente, através do e-mail cebc@cebc.org.br. As vagas são limitadas e estarão sujeitas a confirmação.

 

Programa

08h30 Credenciamento e café de boas vindas

09h00 Abertura

Manoel Felix Cintra Neto
Presidente, Bolsa de Mercados & Futuros – BM&F

Rodrigo Tavares Maciel
Coordenador Executivo, Conselho Empresarial Brasil-China

09h30 Arbitragem e resolução de disputas na China

Michael M. Hickman
Sócio, Simmons & Simmons, Xangai

Teóphilo de Azeredo Santos
Presidente, Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem

Antonio Celso Pugliese
Árbitro, China International Economic and Trade Arbitration Commission – CIETAC

10h45 Planejamento estratégico e proteção de propriedade intelectual

Michael M. Hickman
Sócio, Simmons & Simmons, Xangai

Antonio de Figueiredo Murta Filho
Professor e Coordenador do curso de pós-graduação de Propriedade Intelectual, Pontifícia
Universidade Católica – Rio de Janeiro e Consultor, Veirano Advogados

12h00 Aspectos relevantes na aquisição de empresas na China

Michael M. Hickman
Sócio, Simmons & Simmons, Xangai

Rodrigo Tavares Maciel
Coordenador Executivo, Conselho Empresarial Brasil-China

12h30 Almoço na BM&F

14h00 O ingresso da China na OMC: impactos e transformações

Conselheiro Flávio S. Damico *
Chefe da Divisão de Agricultura e Produtos de Base, Ministério das Relações Exteriores – MRE

Ronaldo Veirano
Sócio Fundador, Veirano Advogados

Rabih Nasser
Professor do Programa de Especialização e Educação Continuada em Direito, Fundação Getúlio Vargas, Direito GV, GV Law

15h30 Apresentação do guia prático de aplicação de salvaguardas – O caso China

Grupo de trabalho de salvaguardas do CEBC:

Daniel Chen
Advogado, Trench, Rossi e Watanabe Advogados
Ivo Teixeira Gico Junior
Advogado, Barbosa, Müssnich & Aragão Advogados

Rodrigo Pupo
Advogado, Veirano Advogados

Vera Kanas
Advogada, Tozzini, Freire, Teixeira e Silva Advogados

16h30 Encerramento

Produtos (celulares) chineses de luxo

Mais um sinal de que os chineses estão percebendo que precisam adotar novas estratégias competitivas para manter e conquistar mercados e não depender apenas do binômio qualidade+preço baixos.

A fabricante chinesa de celulares Bird Co. lançou no início do ano o modelo Doeasy X8, projetado pela marca de luxo francesa Loui Vitton. Aparentemente o produto está disponível apenas no mercado interno, o que não é pouca coisa, já que o setor de celulares na China é disputado por mais de 60 fabricantes de aparelhos, entre locais e estrangeiros, e conta com quase 420 milhões de usuários (praticamente 2x a população brasileira).

Muito similar ao que a Embraer fez em 2005 ao contratar o estúdio de design da BMW para projetar o interior dos seus jatos executivos.

Como no caso do avião que não é só um Embraer, mas, um Embraer-BMW, o X8 não é só um Bird, mas, um Bird-Loui Vitton!!!

Foto: http://mobile.163.com/05/0707/10/1O2675TH001117AG.html

Mais sobre Pequenos Imperadores

O Gilberto Scofield, correspondente na China do jornal O Globo, conta no seu blog mais um caso que mostra os sintomas da política chinesa do filho único, os mimados pequenos imperadores.

Dessa vez era uma menina cujo pai gastou 625 dólares em 20 bonecas Barbie e 10 mochilas (!?!) para fazê-la parar de chorar. De quebra, quase que provoca também o fim do casamento dos pais, já que a mãe ficou irada com o gasto. Acho que nesse caso está mais para falta de pulso (ou incompetência mesmo) do pai do que uma criança mimada. Super-nanny neles.

Sintoma da tirania do filho único (O Globo): http://oglobo.globo.com/online/blogs/gilberto/post.asp?cod_post=11939

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s